Escrita fiscal.

Escrita fiscal.

Entende-se por escrita fiscal todas as rotinas de lançamento e apuração de impostos, tais como ICMS, ISS e IPI nos seus respectivos livros. As exigências da escrita fiscal para tais tributos são determinadas pelo Regulamento do ICMS (no caso deste imposto) de cada estado, bem como no Regulamento do IPI e nas normas tributárias municipais, no caso do IPI e ISS, respectivamente.

Este arquivo digital deve ser gerado e entregue mensalmente contendo todas as informações que o Fisco, a Receita Federal e todos os órgãos de fiscalização se fizerem necessários obter. Contudo, se faz necessário seguir todas as orientações das normativas técnicas da EFD (Escrituração Fiscal Digital), assinada e transmitida, por meio do Certificado Digital, via internet ao ambiente SPED (Sistema Público de Escrituração Digital).
Por isso se faz importante um bom software que seja capaz de integrar todos os processos e os dados de sua empresa de uma maneira bem mais intuitiva e prática para lhe oferecer um auxílio significativo na prática da escritura fiscal. Uma forma eficaz de ganhar tempo e qualidade nestas escriturações, seria a utilização de um ERP, que cada dia mais tem se tornada mais presente nas empresas.

Desta forma alinhando um bom conhecimento a legislação, torna-se possível a garantia da segurança na prestação das informações.

Compartilhe...

Deixe um comentário