Giro de produtos

Giro de produtos

Organize seus estoques

Ter disponibilidade de produtos para vender faz parte do sucesso das vendas na grande maioria das empresas. Mas, por outro lado, é inviável simplesmente comprar produtos sem fazer uma análise do que vende pouco ou muito. Comprar muito pode parecer interessante para quem vê a prateleira cheia, mas, pode ser uma dor de cabeça na hora de pagar contas. É aqui que entra o Giro de Estoque (ou giro de produtos).

Iremos abordar o assunto de forma simples para entender o que vendemos mais e menos através dessa fórmula: GIRO = UNIDADES VENDIDAS / PERÍODO

Aqui vai o exemplo:

De 01/07/2017 até 31/07/2018 vendemos 1500 unidades de um produto que irei chamar de ‘Sapato Marrom’. O período analisado aqui será de 12 meses.

GIRO = 1500 / 12 = 125 sapatos por mês ao longo do ano

Também podemos mensurar o custo financeiro. Suponhamos que cada par custa R$ 60,00:

CUSTO = 125 * 60 = 7.500,00

Com base nessas informações, é possível tomar decisões mais sensatas na hora da compra, levando em consideração o histórico de vendas e não apenas o “feeling” do empresário ou responsável.

Após mensurar a quantidade que vende, a empresa passa a fazer compras projetando o estoque para um determinado tempo: Sei que esse sapato vende 125 por mês e quero comprar de 15 em 15 dias pois não tenho espaço para estocar. Ou então ao contrário: quero comprar de 60 em 60 dias para conseguir um preço melhor, então será negociado 250 unidades ao custo de R$ 15.000,00.

Com base no giro também é interessante avaliar o valor que esse produto movimenta. Irei adicionar um segundo item ao nosso exemplo com uma tabela para visualizar o Lucro Bruto:

Item Custo Quantidade vendida Valor para venda (da unidade) Total de capital movimentado Lucro Bruto
Sapato 60 1500 100 150.000,00 60.000,00
Cinto 15 3500 25 87.500,00 35.000,00

Conclusão: Embora os dois produtos possuam a mesma margem de lucro e o cinto venda mais que o dobro do sapato, ainda assim o sapato consegue movimentar mais capital vendendo menos.

Até a próxima, pessoal.

Compartilhe...

Deixe um comentário