PIX Saque e PIX troco: conheça as novas funcionalidades

O PIX chegou a pouco tempo, mas já se tornou o queridinho das transações bancárias. Por ser uma novidade, vem passando por diversas atualizações. 

A mais recente são as modalidades PIX saque e Pix troco.

Foi anunciado pelo Banco Central, que a partir de 29 de novembro, os clientes vão poder sacar e receber troco em dinheiro. 

Ficou curioso em entender sobre essa nova modalidade?

Continue a leitura deste artigo!

O que é o Pix?

De antemão, o PIX é um meio de pagamento realizado de forma eletrônica e instantânea.

Foi criado em 5 de outubro de 2020, mas só teve início efetivo em 16 de novembro de 2020.

Conhecido como a maneira mais rápida para pagar contas, receber ou transferir dinheiro para todos os bancos, funciona 24 horas por dia e 7 dias por semana. 

O valor é transferido de imediato, sem limite de valor e sem cobrança de taxas.

Aderência do Pix pelos consumidores brasileiros

Desde o seu lançamento, o PIX vem sendo bem visto em meio aos consumidores. 

Segundo o Banco Central, já são mais de 254 milhões de chances cadastradas, o equivalente a 95,9% de pessoas físicas e 4,1% de pessoas jurídicas. 

Ainda, a aderência foi maior entre os jovens.

Atualmente o público está mais acostumado com a utilização do PIX, deixando em evidência a importância de uma educação financeira e a familiaridade com a tecnologia.

Aderência do Pix pelas empresas

Supermercados, farmácias, serviços médicos, mercado têxtil e padarias, já aderiram ao PIX pagamentos

Essa praticidade na hora de pagar ou transferir ajuda a combater o chamado Risco financeiro.

Contudo, as movimentações ocorrem de forma instantânea, evitando possíveis golpes e prejuízos para a empresa.

A adesão de uma ferramenta que permite transferências sem custo entre pessoas físicas e jurídicas já conta com mais de 3 milhões de empresas cadastradas. 

Entretanto, esse número só aumenta, por dia cerca de 1 milhão de novas chaves são cadastradas.

O que é e como funciona o Pix Saque?

O PIX saque é uma modalidade onde será permitido realizar saques em qualquer ponto que ofertar o serviço.

Pode ser comércios ou caixas eletrônicos que podem ser terminais compartilhados ou da própria instituição financeira.

Para sacar, será preciso que o correntista aponte a câmera do celular para uma código QR, faça um PIX para o estabelecimento ou ponto credenciado e retire o dinheiro na boca do caixa.

Por exemplo, o cliente realiza um PIX de R$300,00 reais, e recebe esse mesmo valor em dinheiro físico (notas).

O que é e como funciona o Pix Troco?

A modalidade definida como PIX troco, permite que o consumidor realize um saque após efetuar o pagamento de uma compra. 

Nesse caso, o PIX é realizado com um valor a mais da compra, e recebe a diferença de troco em espécie.

Por exemplo, se o consumidor realiza uma compra de R$200 reais, ele faz um PIX de R$250,00 e recebe a diferença de R$50,00 em notas.

Quais são os limites e custos da operação?

Foi estabelecido limites para as transações de PIX saque e PIX troco, pensando na segurança dos consumidores e pontos de realização do serviço.

O limite para as transações PIX saque e troco será de R$500,00 durante o dia e de R$100,00 durante a noite. 

Porém, o estabelecimento pode oferecer a funcionalidade com limites menores.

Além disso, pessoas físicas e microempreendedores individuais, terão oito saques gratuitos por mês.

Enquanto os estabelecimentos que oferecem esses serviços receberão uma tarifa da instituição financeira do usuário sacador por cada transação.

Os valores vão de R$0,25 a R$0,95 centavos, tudo irá depender da negociação realizada entre bancos e demais instituições financeiras.

Ademais, o PIX saque e o PIX troco prometem proporcionar benefícios para toda a sociedade,  possibilitando para os estabelecimentos maior visibilidade para produtos e ou serviços.

O Sistema  Financeiro Nacional (SFN), afirma que as novidades estão representadas por uma constante melhoria diante da redução de custos nas operações, estimulando a competição e auxiliando a oferta de serviços de saques.

Por fim, as novas modalidades bancárias prometem ser um sucesso e apontam grandes aderências aos serviços, assim como o PIX tradicional. 

E além desses serviços, conte também com a Birdix. Uma forma fácil, rápida e segura de controlar os recebimentos via PIX.

E você vai aderir a essas inovações?

Paula Moraes

Redatora

Compartilhe...

Deixe um comentário