Saiba como montar um planejamento financeiro empresarial

Você sabia que o planejamento financeiro empresarial é fundamental para manter seu negócio funcionando e com maiores chances de prosperar?

Porém, muitas empresas não priorizam essa estratégia por falta de conhecimento. Essa atitude pode comprometer o futuro da empresa e a continuidade no mercado.

Para que este não seja o seu caso, preparamos este artigo. Não perca!

O que é planejamento financeiro empresarial?

O planejamento financeiro empresarial é um conjunto de ações e ferramentas que visam controlar, organizar e gerenciar os recursos financeiros de uma empresa da melhor maneira possível.

Quando a empresa conhece seu faturamento mensal, é possível projetar receitas, despesas e cenários. Com isso, é mais fácil planejar gastos e investimentos para o crescimento da companhia.

O principal objetivo desta estratégia é suprir as necessidades da empresa, sem que falte dinheiro no final do mês. Para isso, é necessário utilizar os recursos de forma eficiente.

Por meio desse planejamento, ainda é possível identificar a saúde financeira atual e para os próximos meses. 

Por que adotar esse planejamentos nas empresas?

Por meio do planejamento financeiro empresarial é possível tomar decisões mais assertivas.

Por exemplo, mudar o escritório para um local maior, ampliar a verba das campanhas de marketing, passar a promover anúncios nas redes sociais, avaliar comprar curtidas no Instagram para engajamento de post, bonificação salarial para funcionários que bateram as metas, etc.

Sem esse acompanhamento, sua empresa acabará fazendo apostas no escuro, o que poderá prejudicar o bom funcionamento do negócio.

Passo a Passo para elaborar um planejamento financeiro

Agora que já conhece a importância de um bom planejamento financeiro empresarial, chegou o momento de descobrir como utilizar essa estratégia na prática!

#1 Avalie a situação atual da empresa

Comece com um levantamento de todas as informações relevantes para a empresa. Analise, por exemplo, pontos negativos e positivos, situação do mercado atual, etc.

Nesta etapa, você pode utilizar a análise SWOT, uma técnica de planejamento estratégico que consiste em identificar forças,oportunidades, fraquezas e ameaças e assim realizar um diagnóstico empresarial.

Com essas informações em mãos, você saberá se este é o momento de cortar gastos ou investir na empresa, por exemplo, ao adotar um aplicativo de banco white label.

#2 Defina as metas da empresa

Depois de compreender o cenário, é hora de definir metas para a empresa. É importante deixar claro onde você quer chegar com seu negócio. Para te ajudar, veja alguns exemplos:

  • encerrar o ano com saldo positivo;
  • aumentar as vendas em 30%;
  • diminuir custos fixos em 15%;
  • aplicar treinamentos aos colaboradores;
  • quitar empréstimos ou não contratar novos;
  • duplicar o número de clientes ativos;
  • etc.

#3 Faça um bom controle financeiro

Para manter tudo em ordem, você deve realizar o controle financeiro de perto. Para isso, você pode utilizar softwares automatizados. 

Insira os valores reais da conta digital da empresa, todas despesas e receitas, as entradas futuras que não caíram na conta, etc. Anote tudo!

Com base em suas anotações e análises, fica mais fácil identificar as despesas que podem ser reajustadas ou cortadas. 

4# Faça uma previsão orçamentária

A previsão orçamentária dará base para seu plano de ações e ajudará na tomada de decisão. Isso porque ela traz mais previsibilidade para a empresa!

Por isso, faça uma previsão do faturamento da empresa para os próximos meses. Você poderá levantar essa estimativa com base no histórico de anos anteriores.

Nesta etapa, considere também as novas metas e despesas, por exemplo, metas de faturamento e de vendas e treinamentos de colaboradores.

#5 Crie seu plano de ação

Com metas definidas e um planejamento financeiro empresarial estruturado, é hora de colocar a mão na massa.

Determine tudo o que deve ser feito para alcançar as metas traçadas. Não esqueça de:

  • definir objetivos;
  • delegar tarefas de acordo com as responsabilidades da equipe;
  • criar um cronograma;
  • acompanhar resultados.

Compartilhe esse plano de ação e as metas com os colaboradores. Assim, fica mais fácil engajar toda a equipe e conseguir resultados melhores e mais rápidos.

#6 Trabalhe com cenários distintos e alternativos

Não é possível prever o futuro. Portanto, projete diferentes cenários, como crises, aumentos de demanda, entre outros, e determinar soluções para cada situação.

Sempre considere as despesas fixas e variáveis, as movimentações financeiras, os gastos da empresa e as metas estabelecidas.

O objetivo deste planejamento financeiro empresarial é te preparar para as mais diversas situações. Assim, você estará seguro para tomar decisões, independentemente do que vier acontecer.

Texto:

Paula Moraes

Redatora

Compartilhe...

Deixe um comentário